Jogos com material dourado 3° ano

Disciplina fundamental no currículo escolar, a matemática começa a ser aplicada desde o ensino infantil até o médio. Entretanto, é frequente escutarmos o quanto grande parte dos alunos possuem dificuldade na matéria, especialmente do 1° ao 5° ano.

Isso ocorre, pois, nestas fases escolares, a matemática tem o objetivo de melhorar o desenvolvimento cognitivo dos alunos e, por esta razão, acaba, muitas vezes, sendo complexa. Neste cenário, os jogos entram para facilitar o ensino-aprendizagem, fazendo com que as crianças se sintam mais envolvidas e gostem das aulas.

Em contrapartida, alguns recursos pedagógicos facilitam a compreensão dos conceitos matemáticos. O material dourado é um deles, que consiste em uma ferramenta na qual, além de ensinar a disciplina por meio de exercícios e atividades, ainda pode ser utilizado para a prática das mais diversas dinâmicas em sala de aula.

Em razão disso, neste artigo, você vai ter acesso a algumas sugestões de jogos com o material dourado para o 3° ano. Caso queira dicas para os anos anteriores, consulte os nossos conteúdos para a primeira série, clicando aqui, e para o segunda, clicando aqui.

Quais são os benefícios dos jogos com material dourado para o 3° ano?

Os benefícios dos jogos com o material dourado para o 3° ano, são expressivos. Isso porque, eles oferecem uma abordagem lúdica, visual e prática. Ou seja, as crianças que, normalmente, aprendem a disciplina apenas com o uso de lousa, livros e cadernos, passam a ter uma noção diferenciada da matéria.

Em outras palavras, esse tipo de metodologia auxilia os alunos a construírem uma compreensão sólida da matemática, além de desenvolver o raciocínio lógico, o pensamento crítico e a interação social.

Ademais, podemos destacar outros benefícios dos jogos com material dourado para o 3° ano. São eles:

  • aprendizagem visual: como já mencionado, por meio dos jogos com o material dourado, os alunos do 3° ano conseguem visualizar os conceitos matemáticos de forma mais simples, Ou seja, ao utilizar os blocos que representam as unidades, dezenas e centenas, as crianças compreendem melhor os conceitos que antes eram apenas abstratos;
  • resolução de problemas: por intermédio dos jogos com material dourado, os alunos aprendem a resolver problemas de maneira mais prática e dinâmica. Além disso, criam as mais diferentes estratégias para chegar a solução dos mais diversos exercícios. Assim, o pensamento crítico e as habilidades são ampliadas;
  • transição para o concreto: ao jogar com o material dourado, os alunos passam pela transição para o concreto. Isto é, conforme avançam nas atividades, começam a realizar conexões entre o que é simbólico e o material físico, facilitando a compreensão dos conceitos matemáticos mais complexos.

05 sugestões de jogos com material dourado 3° ano

Agora que você conheceu os principais objetivos dos jogos com material dourado 3° ano, confira abaixo, 05 sugestões para aplicar em sala de aula. É válido destacar que, todas as ideias podem ser adaptadas, se a turma em questão tiver dificuldades ou precisar avançar de nível. Acompanhe!

1. Torre do valor

Neste jogo, o objetivo é ajudar as crianças a compreenderem como se compara e ordena os números, de forma visual. Assim, para jogá-lo, é necessário apenas os blocos de material dourado.

A dinâmica tem início com cada um dos alunos recebendo do professor um conjunto de blocos. Após isso, eles devem construir uma torre, usando as mais diversas combinações de peças.

Ao fim, precisam comparar cada uma das torres, determinando o valor dos números. Ou seja, se a torre de uma criança foi construída apenas com 100 cubinhos, o seu valor será 100. No entanto, se o aluno usou 100 placas, o valor final será 1.000. Vence o jogador que tiver a torre de maior valor numérico.

2. Batalha dos números

No jogo da “batalha dos números”, a finalidade é que as crianças pratiquem as operações básicas, neste caso, adição e subtração, com o auxílio das peças douradas. Para isso, basta apenas ter o material dourado em mãos.

Para começar o jogo, a classe deve ser dividida em pares. Cada um dos pares precisa receber um conjunto de blocos e, após esta etapa, as operações devem ser realizadas. Ou seja, a dupla de número 01 criará uma conta com o material dourado, seja ela de soma ou subtração, e deixará o resultado sobre a mesa. Por exemplo: 02 cubos + 05 cubos = 07 cubos. Assim que todas as duplas concluírem, haverá uma comparação de resultados para definir o vencedor.

É importante prestar atenção que, em cada rodada deve haver um objetivo, até então, desconhecido por eles. Ou seja, na rodada 01, vencerá quem tiver o maior valor, já na rodada 02, vence a dupla com o menor valor, e assim por diante.

O ideal, é que o professor anote os objetivos em um caderno ou papel e só mostre as crianças ao fim do jogo.

3. Corrida dos números

Nesta dinâmica, o objetivo é identificar e representar os números com o auxílio do material dourado. Para brincar, é necessário, além das peças douradas, cartas com números escritos.

Com tudo pronto, cada aluno deve receber um conjunto de blocos e uma carta com um número. Quando todos estiverem com o material e a carta, será dado um sinal para construírem uma torre com as peças que representam o valor contido na carta. Vence o jogador que cumprir a missão em menos tempo.

4. Completando a sequência

Neste jogo, o objetivo é completar uma determinada sequência numérica e, para jogá-lo, basta utilizar as peças douradas.

O jogo tem início a partir do momento em que os alunos recebem uma sequência numérica parcialmente completa. Ou seja, por meio de um papel a professora deve criar uma sequência, como, por exemplo, 01,07,10,12,15,20 e entregar a cada uma das crianças.

Estas, por sua vez, devem dar continuidade com os números faltantes. No entanto, esses números devem ser preenchidos com a ajuda do material dourado. É possível iniciar a rodada com sequências mais fáceis e ir aumentando a complexidade no decorrer da atividade. Vence o aluno que completar a dinâmica mais rapidamente.

5. Quebra-cabeça numérico

O objetivo do jogo “quebra-cabeça” numérico é o mesmo que qualquer outro quebra-cabeça: montá-lo, no entanto, com o auxílio do material dourado. Funciona assim: os alunos devem receber peças douradas e cartões com números pela metade, ou seja, com os números desenhados de forma incompleta.

Para completar a parte faltante, as crianças precisam utilizar o material dourado, isto é, os cubinhos que ajudarão a formar o número. Neste jogo, não é necessário se apegar aos números que as peças douradas representam, mas sim, o manuseio que será realizado para a montagem do quebra-cabeça.

Os alunos podem montar sozinhos ou em duplas, e o vencedor é aquele que terminar o quebra-cabeça primeiro. É fundamental destacar que, esta dinâmica serve para tornar a aula mais dinâmica, divertida e fazer com que as crianças interajam e criem estratégias juntas.

Jogos com material dourado 3° ano: aplique essa abordagem divertida!

Até aqui, podemos afirmar que os jogos com material dourado para o 3° ano, demonstram ser uma abordagem pedagógica divertida e eficiente para o ensino da matemática. Em outras palavras, aplicá-los na sala de aula, é uma forma de ajudar as crianças a compreenderem melhor a matéria e ainda interagirem umas com as outras.

É importante ressaltar que, não somente com o material dourado, mas também com outros recursos, a implementação de atividades dinâmicas, tende a ser muito benéfica, especialmente, aos primeiros anos do ensino fundamental. Isso porque, por meio dos jogos educacionais, as aulas se tornam mais significativas e interessantes aos pequenos.

Portanto, é inegável que os jogos com material dourado são de extrema importância para as crianças. Além de proporcionarem uma experiência mais concreta, eles também permitem a exploração de um cenário real e palpável, por meio da manipulação dos blocos.

Por fim, destacamos que, as sugestões deixadas neste artigo, são apenas exemplos de atividades e, você, professor, pode adaptá-las sempre que julgar necessário. Ademais, esperamos que as nossas dicas tenham sido úteis e auxiliem durante as suas aulas.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe para que mais professores sejam alcançados, bem como pais e alunos que desejam saber mais sobre o uso do material dourado. Não esqueça também de deixar a sua sugestão, no campo de comentários abaixo! Boa aula!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.