O que é material dourado?

No contexto escolar, é muito comum nos depararmos com alunos, especialmente na fase do ensino fundamental, com grandes dificuldades de aprendizagem em matemática. Em razão disso, o material dourado surge como uma alternativa para auxiliar nessa questão.

Atualmente, quando falamos sobre o ensino da matemática, é possível observar que existem muitas falhas de compreensão por parte dos alunos no que diz respeito, por exemplo, aos cálculos numéricos representados por algoritmos convencionais e diversos obstáculos em associar estas operações.

Um dos motivos identificados deste tipo de problema está no fato dos educadores normalmente utilizarem apenas a lousa para apresentar as operações fundamentais, o que torna o conteúdo, por vezes, mecânico e cansativo.

Com o uso do material dourado, a compreensão das operações básicas ocorre de forma mais leve e ainda dinamiza as aulas de matemática. Sendo assim, é possível explorar mais esse conhecimento e ainda fazer com o que os alunos aprendam brincando.

Se você ainda tem dúvidas sobre o que é o material dourado e como ele pode auxiliar os alunos durante as aulas, continue com a gente neste conteúdo!

Conhecendo o material dourado

Desenvolvido por Maria Montessori (1870-1952), o material dourado, antes chamado de “material de contas douradas”, consiste em uma ferramenta de fácil manuseio, que auxilia as crianças com a realização das operações básicas.

Esse material foi criado a partir da observação de que os alunos aprendiam mais pela ação que pelo pensamento e, inicialmente, foi construído com a finalidade de ajudar nas atividades de matemática por meio dos princípios montessorianos, bem como todos os outros materiais de educação sensorial.

No material dourado, as unidades são representadas por pequenos cubos amarelos, enquanto a dezena é formada por uma barra de dez cubos unidos. Essa barra é repetida em outras dez barras conectadas entre si, formando um quadrado que totaliza 100 cubos. Todos esses cubos sobrepostos representam o milhar.

Dentre os principais objetivos do material dourado, podemos destacar:

  • o despertar da independência da criança, bem como, a confiança em si mesma, a sua concentração, coordenação e ordem;
  • o desenvolvimento de experiências concretas, com a finalidade de conduzir um raciocínio cada vez maior;
  • o ato de perceber os próprios erros ao realizar ações com o material;
  • a exploração dos sentidos da criança.

O material dourado pode ser comprado em madeira, plástico ou borracha, porém também pode ser construído pelos próprios alunos por meio de isopor ou outros tipos de papéis, como o papel milimetrado. Normalmente, os educadores costumam pedir na lista de materiais, no início do ano letivo.

Como utilizar o material dourado?

Inicialmente, é importante destacar que o material dourado é um método de ensino muito fácil de ser inserido em sala de aula, isso porque, as crianças conseguem se adaptar muito facilmente a ele.

Para a inserção no aprendizado, é fundamental que os professores permitam que os alunos reconheçam o material antes de qualquer atividade, ou seja, é importante deixar que eles manuseiem as peças da forma que preferirem.

Após essa etapa, é interessante fazer alguns questionamentos com as crianças para que elas comecem a raciocinar por meio do material dourado. Abaixo, alguns exemplos de perguntas que podem ser realizadas:

  • Com quantos cubos podemos formar uma dezena?
  • Com quantas dezenas formamos uma centena?

Feito isso, é possível criar operações matemáticas simples para que os alunos possam resolver com os cubos, sendo a adição uma delas, isto é, 10 cubos com + 10 cubos, por exemplo.

Desta forma, os conceitos se tornam mais simples e vão sendo fixados na cabeça das crianças e, assim, elas conseguem aprender de maneira mais leve.

Qual é a importância de usar o material dourado?

Por intermédio do uso do material dourado é possível proporcionar ao educando a assimilação dos conceitos matemáticos, como:

  • o valor posicional dos símbolos numéricos;
  • a classe e a ordem dos numerais;
  • a composição e decomposição dos numerais;
  • a comparação de quantidades;
  • as operações fundamentais;
  • a contagem dos números;
  • entre outros.

O material dourado é um dos materiais mais utilizados para todos os processos de construção da numeração e ainda possibilita o desenvolvimento de diferentes sentidos como o tato e a visão, permitindo que cada um deles tenha estímulos diferentes.

Com o uso do material dourado em sala de aula, as crianças passam a ter uma imagem mais concreta sobre as relações numéricas, o que facilita muito a compreensão e o desenvolvimento do raciocínio.

Quais são os benefícios de utilizar o material dourado?

Como já mencionamos, o material dourado é uma ferramenta muito vantajosa para o aprendizado dos alunos, pois ele desenvolve não somente o conhecimento em aritmética, como também atua em outras áreas.

Esse tipo de material segue os mesmos princípios do ensino montessoriano e, em razão disso, auxilia a criança com o desenvolvimento da independência, confiança, concentração, coordenação e organização.

Outro ponto positivo do material dourado, é que ele ensina por meio de formas e estímulos sensoriais. Isso ajuda a tornar o processo de aprendizado mais leve, divertido e eficiente. Além disso, é um produto que atrai a criançada, fazendo com que a aula que poderia ser chata, se transforme em algo mais lúdico.

Para resumir, os principais benefícios de utilizar o material dourado são:

  • tornar o aprendizado das aulas de matemática mais atrativo e divertido;
  • ensinar por meio de formas e estímulos sensoriais;
  • auxiliar no desenvolvimento da coordenação, concentração, organização, e assim por diante.

Como escolher o material dourado?

Antes de comprar o material dourado, é fundamental escolher a opção que melhor se adeque a necessidade da criança ou da proposta escolar. Ainda que pareçam bem parecidos, existem algumas variações que fazem a diferença entre eles.

Portanto, para escolher o material dourado é necessário levar alguns pontos em consideração, como:

  • material;
  • número de peças;
  • faixa etária da criança.

Material

Basicamente, o material dourado pode ser encontrado em três opções de material: em madeira, plástico ou EVA.

Os de madeira são os mais tradicionais e por isso são os mais fáceis de encontrar. Essa opção tem como principal vantagem a sua alta durabilidade, já que trata-se de um material mais resistente.

Já os modelos de plástico e EVA podem ser mais frágeis e, em razão disso, estragar com maior facilidade. No entanto, o lado positivo é que são mais leves e bem mais coloridos.

Veja qual é a nossa indicação para modelo de madeira, clicando aqui.

Veja qual é a nossa indicação para modelo de plástico, clicando aqui.

Veja qual é a nossa indicação para modelo de EVA, clicando aqui.

Número de peças

Outro ponto que deve ser avaliado é no que diz respeito ao número de peças que acompanham o produto. Existem modelos menores com 62 peças, enquanto alguns maiores podem até possuir mais de 1.000 peças.

Por mais que todas as opções possam ser úteis para um bom aproveitamento da matéria, quanto menos peças, menos atividades poderão ser realizadas. Por esse motivo, antes de comprar o material dourado é fundamental analisar quantas peças serão necessárias para a realização da aula.

Idade da criança

Ainda que o material dourado seja uma ferramenta de ensino positiva para as crianças, é importante entender que ele não é indicado para todas as faixas etárias, isto é, a recomendação do produto é para os alunos de 4 a 6 anos de idade.

Para as crianças mais novas, ele pode ser prejudicial e, ainda existe o risco de que elas engulam as peças. Já para crianças maiores, o material dourado pode perder a eficiência, isso porque elas já estão na fase de operações matemáticas mais avançadas.

Entendeu a importância do material dourado?

O material dourado é um produto extremamente importante para dinamizar as aulas de matemática e ainda auxiliar no aprendizado das quatro operações básicas.

Uma vez que as crianças tenham noção das relações entre as unidades, dezenas, centenas e milhares, esse material pode ser usado para efetuar a adição, subtração, multiplicação e divisão, abordando de forma simples e clara a noção de agrupamento e desagrupamento.

Além disso, utilizando o material dourado, é possível auxiliar os alunos com uma série de princípios montessorianos, além dos diversos estímulos do sentido, ou seja, ele é fundamental para um aprendizado mais leve e divertido em sala de aula.

E você? Entendeu a importância do material dourado? Quer saber mais sobre ele? Então fique ligado nos próximos conteúdos!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.