Como usar o material dourado?

É muito comum que crianças do Ensino Fundamental apresentem diversas dificuldades na disciplina da matemática. Questões como a compreensão dos algoritmos, classificação de números e resolução de exercícios, lideram o ranking de problemas com a matéria.

No entanto, muitos educadores têm buscado ideias de como usar o material dourado para auxiliar com essas adversidades. Este tipo de recurso é bem semelhante à proposta do ábaco. Ele pode ser comprado em madeira, plástico ou EVA, porém também pode ser confeccionado com isopor ou outros tipos de papel, especialmente o milimetrado.

O material dourado foi criado com a intenção de ensinar aritmética por intermédio de formas geométricas nas quais representam os números. É bastante utilizado nas escolas e ajuda a tornar o aprendizado ainda mais simples e dinâmico. Neste conteúdo, vamos ensinar como usar o material dourado. Acompanhe!

Um pouco sobre o material dourado

Antes de apresentarmos todas as possibilidades do seu uso, vamos falar um pouco sobre o material dourado, para que você possa conhecê-lo melhor.

Criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori, o material dourado trata-se de um recurso que segue os mesmos princípios montessorianos, ou seja, a educação sensorial. Por intermédio de sua implementação, a criança é capaz de:

  • desenvolver confiança em si mesma, além da independência, concentração, coordenação e ordem;
  • gerar experiências concretas para conduzir abstrações cada vez mais amplas;
  • perceber os possíveis erros que comete ao realizar ações com a ferramenta;
  • trabalhar os seus sentidos de forma integral.

Constituído por cubinhos, barras, placas e cubo ou “cubão”, como também é chamado, o material dourado representa unidade, dezena, centena e o milhar, conforme vemos na imagem abaixo:

Entenda as unidades do Material Dourado

Desta forma, fica claro que o material dourado foi construído para auxiliar nas atividades do ensino e aprendizagem da disciplina da matemática. Tornando as aulas menos engessadas e mais interativas. Inclusive, ele é responsável por provocar não somente o conhecimento aritmético, mas também a socialização entre os alunos, como veremos nos próximos tópicos.

5 dicas de como usar o material dourado

De antemão, podemos dizer que existem diversas formas para se utilizar o material dourado no ensino da matemática. No entanto, é preciso ter cautela e iniciar fazendo com que os alunos se familiarizem com o recurso.

Para isso, deve-se orientar que as crianças estabeleçam comparações entre os materiais, por meio de questionamentos aritméticos simples, como por exemplo: com quantos cubinhos formamos uma dezena?

Desta forma, o professor precisa discutir a respeito da diferença entre valor relativo e absoluto dos algoritmos, além de falar como se dá a organização do sistema decimal em classes e ordens.

Somente após essa introdução com as partes do material, as atividades podem ser realizadas. É importante ter em mente a faixa etária e a fase escolar em que cada sala está inserida, ou seja, alguns exercícios podem ser aplicados, outros não, é necessário seguir as recomendações pedagógicas.

Abaixo, trouxemos alguns exemplos de como usar o material dourado em sala de aula, acompanhe!

1. Exercícios com as operações básicas

Um dos exemplos mais comuns de como usar o material dourado é na aprendizagem das operações básicas, ou seja:

  • adição;
  • subtração;
  • multiplicação;
  • divisão.

Grande parte dos professores usam a ferramenta para promover cálculos matemáticos. Esses cálculos tanto podem ser feitos somente com o uso do material dourado, como também com o auxílio de lápis, papel ou até mesmo atividades impressas. Veja abaixo:

Aprender adição com Material Dourado
Fonte: Matemática Divertida (Download em PDF para imprimir)

 

É possível notar no enunciado da atividade que a ideia é usar o material dourado e somente registrar os resultados na folha de papel. No entanto, existem outras formas de promover essa dinâmica, como utilizar apenas o material ou somente o exercício impresso. Veja outro exemplo abaixo:

Exercícios de subtração com Material Dourado
Fonte: Matemática Divertida (Download em PDF para imprimir)

 

Neste caso, não foi preciso usar o material dourado, apenas realizar o exercício proposto e fazer a associação do resultado com as imagens correspondentes.

2. Composição numérica

Uma outra forma de usar o material dourado é por meio de atividades de composição numérica, ou seja, exercícios que farão com que os alunos saibam representar os números com a ajuda dos cubinhos. Observe a próxima imagem:

Composição Numérica com Material Dourado
Fonte: Matemática Divertida (Download em PDF para imprimir)

 

Nesta atividade, fica claro que as crianças usarão as peças correspondentes ao número dentro dos quadrados. No primeiro exemplo, temos os cartões numéricos: 200, 30 e 2. É pedido que os alunos liguem os números ao material dourado desenhado abaixo. Este é mais um exercício que pode ser feito com o manuseio da ferramenta ou apenas na folha.

3. Reconhecimento de dezena e unidade

O material dourado também pode ser utilizado para que os alunos façam o reconhecimento da unidade e da dezena. É importante que as crianças entendam dois aspectos muito importantes: o decimal e o posicional. Uma vez que a maioria das dificuldades encontradas no aprendizado dos algoritmos das quatro operações se dá pela não compreensão do assunto.

O sistema é posicional e o valor de um algarismo é determinado pela sua posição no numeral. O mesmo símbolo pode representar valores diferentes, dependendo da posição que ele ocupa. Nesta atividade, é possível perceber que além da adição, é solicitado que os alunos completem as lacunas de dezenas e unidades.

4. Junção de material dourado e ábaco

O ábaco é um instrumento antigo de cálculo, muito utilizado nas escolas. De modo geral, ele apresenta uma estrutura retangular feita em madeira e dispõe de fios que podem estar em posição horizontal ou vertical.

Ele também é composto por 10 bolinhas de miçanga e cada uma delas é referência para a representação de um número, uma dezena e assim por diante. No modelo horizontal, as casas decimais são mostradas de baixa para cima. Já nos modelos verticais os valores são somados da direita para a esquerda.

Para tornar as aulas mais dinâmicas, é possível usar o material dourado junto ao ábaco, como veremos a seguir:

Material Dourado e Ábaco
Fonte: Matemática Divertida (Download em PDF para imprimir)

 

No exercício acima, é possível notar que a ideia é que os alunos liguem o ábaco ao material dourado correspondente. Desta forma, não somente no papel, mas também de forma manual, as crianças podem usar as duas ferramentas para aprender ainda mais.

5. Jogos com o material dourado

Os jogos contribuem bastante em como usar o material dourado, isso porque, são infinitas possibilidades para que as crianças aprendam brincando. Desde as brincadeiras livres, nas quais os alunos decidem como manusear o material, até atividades propostas, nas quais os professores comandam, os jogos são excelentes maneiras de utilizar a ferramenta.

Jogo da Memória com Material Dourado
Fonte: Matemática Divertida (Download em PDF para imprimir)

 

Neste jogo, os alunos devem recortar os números e as imagens que os representam e brincar de jogo da memória, ou seja, ao virar o número 10, junto ao “dez” do material dourado, terão acertado.

No caso desse tipo de jogo, é necessário o uso de papel, de preferência cartolina ou outro tipo mais espesso e sem transparência. Essa atividade proporciona também que as crianças aprendam umas com as outras e se ajudem quando necessário.

Entendeu como usar o material dourado?

O material dourado é muito válido para que os alunos consigam assimilar os mais diversos problemas matemáticos, desenvolvendo maior interesse e autonomia. Além de aprenderem de forma individual, também podem manipular a ferramenta em grupo, fazendo com que haja maior socialização em sala de aula.

Por intermédio do material dourado, a forma de ensinar e as condições de compreensão são muito mais simples e práticas. Cabe ao professor explorar esse recurso das mais diversas formas possíveis e intervir sempre que surgirem dificuldades para que elas sejam superadas. Afinal, ele saberá a melhor estratégia de acordo com a realidade de cada aluno.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil e que agora você já saiba como usar o material dourado. Se você quiser mais dicas como essa, acesse o nosso conteúdo sobre atividades com material dourado e confira mais sugestões. Nos vemos no próximo artigo!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.