Como fazer material dourado?

É muito provável que em algum momento você já tenha ouvido falar sobre o Material Dourado. Do nome original “Material de Contas Douradas”, essa ferramenta foi criada por Maria Montessori (1870-1952) com o objetivo de auxiliar as crianças com o ensino da matemática, em fase escolar.

Além de desenvolver o conhecimento em aritmética, o Material Dourado também ajuda em outras áreas, graças aos seus princípios montessorianos. Ou seja, ele também auxilia com o processo de independência, confiança, coordenação, concentração e organização dos pequenos.

No entanto, muito se engana quem acha que esse recurso está disponível apenas para compra em loja. O material dourado pode ser construído pelos pais ou professores com o uso de diversos tipos de material. Em razão disso, no conteúdo de hoje, você vai descobrir como fazer material dourado. Vamos juntos?

Para que serve o material dourado?

Antes de apresentarmos suas possíveis construções, vamos falar para que serve o material dourado. Já mencionamos que a sua principal finalidade é de ajudar as crianças com o aprendizado da aritmética. Entretanto, também já deixamos claro que a ferramenta é muito importante para o desenvolvimento dos pequenos em outros campos.

Com a junção de tudo isso, o material dourado pode ser definido como um recurso no qual o seu objetivo é tornar as aulas de matemática mais dinâmicas e proveitosas. Além disso, faz com que as crianças adquiram maior independência e confiança durante o seu uso em sala de aula.

No material dourado, as unidades são representadas pelos cubinhos e a dezena formada por uma barra com dez desses cubos. Essa barra é repetida em dez outras barras conectadas entre si, formando um quadrado chamado de placa, totalizando 100 cubos.

Todos esses quadrados sobrepostos criam, finalmente, um cubo ou “cubão”, o qual faz a referência do milhar.

Exemplo de unidades do material dourado

Por meio do material dourado, os pequenos recebem estímulos sensoriais, tornando o processo de aprendizagem mais leve, eficiente, e divertido. E, muito mais que abordagens matemáticas, é possível realizar diversas atividades e jogos que ajudam as crianças a enxergarem as aulas de forma diferente, ou seja, ainda mais atrativas.

Veja agora como fazer material dourado

Embora a forma mais comum de se confeccionar um material dourado seja usando madeira, é importante saber que existem outros jeitos de produzir essa ferramenta. Como é o caso do EVA, do papel, do isopor e até mesmo dos botões e das miçangas. Vamos aprender um pouco mais sobre cada uma dessas formas? Acompanhe!

Material dourado feito com papel

A forma mais comum de confeccionar um material dourado em casa ou na sala de aula é fazendo o uso da folha de papel. Normalmente, a maneira mais simples de criar é a partir de um papel milimetrado ou quadriculado, como também é conhecido.

Para isso, basta realizar recortes no próprio papel, isto é, construir uma barra que representa a centena, fazendo o recorte dela com 100 quadradinhos. Cortando também algumas colunas com 10 quadrados cada, para referenciar as dezenas e picotando alguns cubinhos para que sejam as unidades.

Além do uso do papel quadriculado, também é possível usar folha sulfite comum, ou seja, desenhar os quadrados e recortá-los. Uma outra maneira, é imprimindo-os prontos para recortar e usar. Basta fazer o download aqui!

Material Dourado em Papel
Fonte: mathdesign.gq no pinterest

 

Essa é considerada a forma mais simples de produzir o material dourado. No entanto, também é a mais limitada, uma vez que, com ela, não é possível construir o cubo.

Material dourado feito com EVA

O EVA é uma outra opção de como fazer material dourado. Por meio dele é possível desenhar todos os quadrados da mesma maneira que no papel milimetrado. Entretanto, por se tratar de folhas mais grossas, o cubo pode ser montado, assim como na madeira.

Material Dourado de EVA
Fonte: Matemática com vida

 

Inclusive, é bem comum encontrarmos o material dourado feito em EVA para venda. Algumas pessoas até preferem por ser mais maleável, especialmente quando o objetivo é trabalhar com crianças pequenas.

Veja um exemplo de material dourado com EVA

Material dourado feito com isopor

Para confeccionar o material dourado usando o isopor, é necessário mudar um pouco a proposta, ou seja, nada impede que sejam feitos quadradinhos, assim como no EVA. Porém, o manuseio do isopor tende a ser mais difícil do que os demais materiais, em razão disso, o ideal é trabalhar com as bolinhas prontas.

É possível comprar as mini bolas de isopor e usá-las como se fossem os cubos. Para formas as dezenas, basta usar cola quente e grudar umas nas outras. Desta forma, o material dourado ganha outra cara, mas continua sendo o mesmo em relação aos objetivos.

Material dourado feito com botões ou miçangas

Uma outra forma de fazer o material dourado é usando botões ou miçangas. Entretanto, para que ele fique ainda mais parecido, o ideal é utilizar também palitos de sorvete, papelão ou papel-cartão.

Com o auxílio da cola quente, deve-se colar os botões ou miçangas no palito de sorvete, formando assim, a barra que representará a dezena.

Material Dourado feito de Botões
Fonte: Matemática em Construção

 

Após esse processo, para formar a centena, ou placas, como também é chamada, o ideal é colar 10 dezenas sobre um papelão ou papel-cartão.

Exemplo de Dezenas em Botões
Fonte: Matemática em Construção

 

Por fim, com esses materiais, é possível construir o cubo, ou “cubão” que faz referência ao milhar. É só juntar 6 placas e conectá-las com cola quente.

Cubão de botões
Fonte: Matemática em Construção

 

Comprar ou fazer material dourado: qual a melhor opção?

Como abordamos no decorrer do conteúdo, o material dourado pode ser feito ou comprado pronto. As duas formas funcionam bem, entretanto, é importante avaliar alguns pontos antes de tomar essa decisão.

Ao fazer o material dourado, pode-se economizar um pouco, porém é preciso arcar com os custos do material para confecção. Entretanto, se você optar pelo papel milimetrado, por exemplo, irá gastar um valor bem acessível.

Outro ponto importante é que com a construção do material, é possível envolver os pequenos, tornando a aula ainda mais dinâmica. Além disso, algumas escolas não possuem verbas para comprar o material dourado e nem podem exigi-lo na lista da criança. Por essa razão, os modelos artesanais costumam ser mais benéficos.

Contudo, dependendo do material utilizado, pode ser que o material dourado não dure tanto, quanto ao comprar um de madeira. Ou seja, a durabilidade da ferramenta pode ser bem maior quando adquirida em loja, fazendo jus também ao seu custo-benefício.

Agora que você já sabe como fazer material dourado, pode avaliar os pontos que deixamos aqui e optar pela forma que melhor atende você ou a escola em que trabalha. Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com outras pessoas, especialmente com os professores de matemática que você conhece para ajudá-los com esse assunto. Até a próxima!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.